rss
email
twitter
facebook

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Entrevista com um ex-maçom.

Queremos enfatizar que essa entrevista não tem como objetivo matar a curiosidade das pessoas e sim esclarecer algumas coisas, principalmente os diversos boatos.

Observação do entrevistado
 --
O objetivo desse post não é atacar a maçonaria, e sim mostrar aos Cristãos que a verdadeira luz está fora dela; Tudo é justo e perfeito apenas na Glória de Cristo. As Escrituras são superiores a qualquer instrução moral e filosófica. Também decidi não dizer os segredos que são irrelevantes para o Cristão, seria apenas uma forma de satisfazer a curiosidade. E aos que se sentem incomodados com as críticas alheias, sugiro refletirem no seguinte versículo:
-E pela tua ciência perecerá o irmão fraco, pelo qual Cristo morreu.
Ora, pecando assim contra os irmãos, e ferindo a sua fraca consciência, pecais contra Cristo.
Por isso, se a comida escandalizar a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que meu irmão não se escandalize. 1 Coríntios 8:11-13
Também não desejo causar polêmica, mas desejo que os Cristãos não se sintam seduzidos por um seleto grupo de maneira que possam se sentir mais especiais.
--

Entrevista concedida dia 22 de Julho de 2015.

- Deus para a maçonaria é um ser pessoal? Você diria que é o Deus bíblico?

Acreditam em um só "deus" que deseja salvar a todos os homens que fazem boas obras. A aproximação de "deus" se dá em fazer o bem. Então para "deus" convencer o homem a fazer o bem, tenta falar com o homem de diversas maneiras: Enviando Moisés, Jesus, Maomé, Buda, Zaratustra, etc. Sendo que o mesmo "deus" teria enviado todos eles. Porque há vários caminhos para esse "deus", e o caminho é fazer o bem diante da visão maçônica.

- Há doutrinas na maçonaria? Eles usam a Bíblia ou ela é só um enfeite?

A Bíblia na maçonaria é só mais um símbolo. Se a loja for em terra judaica é substituída por uma Torá, não precisa necessariamente ser em terra judaica, mas vai de acordo com os membros. Igualmente aos membros de outras religiões, como pode ser um Corão se os membros muçulmanos quiserem. A Bíblia é tão simbólica que vi um Judeu prestando juramento diante da bíblia. É chamado de livro sagrado na verdade. Mas só lêem alguns trechos como "Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união" se referindo à união entre os irmãos maçons. Utilizam partes fora de contexto.

- Afinal eles ensinam ou não um tipo de religião lá? E se é uma religião o que buscam afinal? Se não adoram exclusivamente a Jesus?

Eles juram que não, a maçonaria não é religião, mas desafio a tentar discutir acerca de soterologia com eles por exemplo, pois são unânimes em dizer que a salvação é pelas obras. Uma salvação extremamente pelagiana mesmo, entende? Posso considerar a maçonaria como uma religião ecumênica, aceita pessoas de todos os credos, mas faz os membros acreditarem que todos adoram o mesmo Deus, que todos os que fazem o bem se encontrarão no "oriente eterno" que é uma representação universal do "paraíso das religiões", como a Jerusalém Celestial para nós Cristãos. Sobre o que eles buscam, é ter uma vida de retidão e perfeição moral e intelectual, se livrar da ignorância, fanatismo e intolerância, praticar o bem, etc. Vou fazer uma analogia: São como uma pedra bruta, que ao viver uma vida “de retidão” vai sendo esculpida até se tornar uma pedra polida. Como se fosse o homem caído da nossa doutrina, se transformando e sendo justificado, se tornando santo, pela graça de Deus. Mas nesse caso ele seria transformado sem a graça de Deus!

- A maçonaria não aceita mulheres? E o porque disto?

Não aceitam mulheres, as lojas que aceitam são consideradas irregulares. Os membros das lojas regulares não podem visitar essas lojas e quem é irregular não é considerado maçom de acordo com todas as potências maçônicas. E sobre a proibição das mulheres, envolvem vários fatores como cultura da época do nascimento da maçonaria especulativa em que as mulheres não saíam de casa em certos horários e sequer tinham voz, como não podiam visitar bares aonde os maçons precisaram se reunir algumas vezes durante as revoluções, alguns até falam do medo do enfraquecimento da fraternidade por causa das mulheres (nós homens não somos muito racionais na presença das mulheres) e existem muitos fatores. Alguns mais radicais levam ao lado místico e falam sobre ordens solares e lunares, algo que nunca entendi por não ler sobre esoterismo. Também há a questão tradicional, para remeter à maçonaria operativa (época em que era constituída por construtores) e a Ordem dos Templários. Mas há ordens femininas paramaçônicas como a estrela do oriente (para parente de maçons), filhas de Jó (jovens parentes de maçons) e arco íris (qualquer jovem).

- É difícil se desligar da organização?

É fácil se desligar da organização, você manda uma carta em formato de petição. Mas você não deixa de ser maçom e ficam chamando para voltar. Dizem que era difícil no passado, mas hoje são tolerantes.

- Você acha que o que acontece e é revelados aos que tem grau inferior serve só de fachada pra esconder algo por dentro? E já ouviu falar que eles ensinam a divinização do homem?
Eu te diria que são diferentes níveis de conhecimento. Os graus menores são ensinamentos mais básicos que te deixa mais preparado e tolerante para o ensinamento que há de vir e se adaptar com a forma de ensinamento por ritual, que envolve bastante reflexão. Para alguém que cresce no evangelho por exemplo, fica difícil aceitar de cara a salvação por obras, então ele recebe algumas doses de humanismo para crer no seguinte: Se há várias religiões, por que a minha seria certa já que o meu Ir.'. é de outra religião e pratica mais o bem do que eu? Deus é injusto por mandar pessoas que fizeram o bem mas não conheceram Jesus para o inferno e mandar para o céu quem fez o mal, mas depois se arrepender e nascer de novo em Cristo? Por que o que praticou mais o bem merece menos do que o que está em Cristo? Isso não é falado nos rituais, mas pode ser discutido entre os IIr.'. se alguém confessar sua fé acerca da salvação de Cristo. Nos rituais isso é demonstrado implicitamente apenas, mas vai ficando mais clara a salvação por obras ao longo da jornada, os graus se categorizam em lojas, mas fica complicado explicar.

- Você sente que sua vida pode estar ameaçada de alguma forma ao sair da maçonaria?

De forma alguma, os IIr.'. somente chamam para voltar a ser ativo.

- Queria saber qual o sinal que usam para saber que o outro é maçom. Tipo, tive um professor que é maçom e ele disse que se o carro de um maçom estraga - na pista, por exemplo - eles tem tipo um "código/sinal" que da pra saber. Logo, assim que passar outro maçom na pista, irá ajudá-lo. Isso é mesmo verdade?! Há algum código?! Se sim, poderia dizer qual!?

Há o adesivo do compasso que pode ser normal ou ter também a indicação da potência maçônica ou M.'.I.'.C.'.T.'.M.'.R.'. e os toques de buzina, todavia isso é só no carro. Pois há maneiras de reconhecimento pessoais. Por exemplo, ficar com os pés em forma de esquadro imitando a seguinte figura \ / com os calcanhares colados, e o aperto de mão é dado com a mão direita exercendo pressão com o polegar sobre a articulação da falange do indicador. Há outras maneiras também, mas esse post não é sobre curiosidades.

-O que é, definitivamente, a maçonaria?
Ótima pergunta, mas é impossível responder em poucas palavras. Vou tentar resumir: é uma sociedade discreta aonde homens ditos livres e de bons costumes buscam se livrar dos vícios e aprimorar suas virtudes. São praticados rituais simbólicos, mas não são nada místicos como a maioria dos profanos pensam. São de diversas maneiras, falando de forma para simplificar bastante, um maçom responde a fala de outro oficial de acordo com o que está escrito no ritual e há também como "representações teatrais". É difícil explicar com palavras como é o ritual, posso falar detalhadamente depois e mostrar coisas semelhantes. Há também a questão da fraternidade, aonde os IIr.'. prometem proteger os outros e vivem se comunicando. É normal receber vários telefonemas ao dia e ter várias pessoas preocupadas entre si. Também pregam uma união universal, mas a heresia entra quando a fraternidade entra na religião, tentando unificar até a soteriologia e a cosmovisão.

-Pelo que conhece, pensa que a maçonaria usaria blefes e mentiras para exercer influência na sociedade?

É um pouco complexo, mas vamos dizer que não mentem no aspecto subjetivo. Falam a verdade que conhecem, porque acreditam verdadeiramente que tudo é justo e perfeito mesmo aonde não há evangelho.

- O que a maçonaria tem a ver com os illuminati?

Isso é lenda urbana. Os illuminatis foram dizimados e entre os sobreviventes, alguns eram iniciados também na maçonaria e outros vieram a iniciar posteriormente, mas nada que seja conspiratório.

- Porque todo maçom tem que ser rico?

Isso não é verdade, mas é ideal ao menos ter independência e estabilidade financeira para arcar com despesas, como a mensalidade da loja, filantropias e anuidade do grande oriente. É questão de bom senso mesmo.

- Há de fato a infiltração de membros da Maçonaria em igrejas cristãs? Qual o objetivo principal?

Não existe infiltração, existem Cristãos e pastores iniciados (erroneamente) na maçonaria.

- É verdade e porque motivo a sala é redonda e com vários símbolos?

A sala não é redonda, mas uma representação do Templo de Salomão, porém com vários símbolos inseridos.

- Porque os maçons mais velhos, fazem maldades com as pessoas que não são maçons?

Isso não acontece.

- É verdade o que o ex-bruxo tio Chico fala sobre a maçonaria em seu testemunho no Youtube?

Não, o tio Chico conta mentiras. Só acredite nele, se você acreditar que uma pessoa pode ir do Brasil para a África dirigindo uma BMW.

- O que mudou em sua vida ao ser liberto pelo mestre?

É incomparável viver para Jesus, não tenho palavras para descrever.

– Há rituais? Se sim, envolvem sacrifícios? Por um acaso a maçonaria em si, faz alguma analogia à práticas satânicas? Quando você começou a perceber que havia algo de errado na maçonaria?

Faz analogia aos mistérios egípcios e tem semelhança com outras fraternidades, como a mística Golden Dawn, alquimia, astrologia, e outros, estão contidos de forma oculta nos rituais, e sabemos que isto não vem de Deus. Não envolvem sacrifícios, os rituais são simbólicos, apesar dessas coisas contidas que acabei de descrever. Eu comecei a perceber que havia algo de errado pela bíblia, não há como crer na salvação pela Graça redentora de Cristo e na salvação alcançada pelo homem ao mesmo tempo, não há como crer que há um só Deus e um só mediador e ao mesmo tempo crer que o muçulmano será salvo, não há como viver para pregar o evangelho de Cristo achando que as outras pessoas estão certas seguindo outras religiões. “porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos” (Atos 4:12).

- Existe realmente as reuniões secretas dentro da maçonaria?

As reuniões são secretas, em regra.

- A que conclusão chegou com respeito da maçonaria? Considera ela uma organização cristã?

Só seria Cristã se os Judeus, Católicos devotos de santos, muçulmanos e outros, fossem salvos por outra via que não fosse o sacrifício da cruz.

 - Qual espera que seja o resultado dessa entrevista?

Que possamos tirar as rédeas de alguns eleitos cegos por falsas doutrinas. Glória a Deus por isso.

3 comentários:

Fábio disse...

Achei muito sinceras as respostas do ex-maçon, confio no que ele disse, ele conhece e da seu testemunho sincero da organização maçônica visível, que é a que se dedica às atividades éticas, educacionais, fraternais, patrióticas e humanitárias... Porém existe a organização Maçônica invisível que se dedica a coisas espirituais...etc. Para os curiosos que querem conhecer a organização invisível, leiam Manly P. Hall e Albert Pike.

"A Maçonaria é uma fraternidade dentro de uma fraternidade — uma organização exterior que esconde uma irmandade interior dos eleitos... é necessário estabelecer a existência dessas duas ordens separadas, porém independentes, a visível e a outra invisível. A sociedade visível é uma esplêndida camaradagem de homens 'livres e aceitos' que se reúnem para dedicarem seu tempo às atividades éticas, educacionais, fraternais, patrióticas e humanitárias. A sociedade invisível é uma fraternidade secreta e augustíssima (de majestosa dignidade e grandiosidade), cujos membros dedicam-se ao serviço dos arcanos [segredos, mistérios]." [Lectures on Ancient Philosophy, Manly P. Hall, pág. 433]

"A Maçonaria, como todas as religiões, todos os mistérios, o Hermetismo, e a Alquimia, esconde seus segredos de todos, exceto dos adeptos e sábios, ou eleitos, e usa falsas explicações e falsas interpretações sobre seus símbolos para enganar aqueles que merecem somente ser enganados; para esconder a verdade, que chama de Luz, e afastá-los dela." [Morals and Dogma (leia a resenha), págs. 104-5, Terceiro Grau].

"Quando o maçom aprende que o segredo para o guerreiro é a correta aplicação do dínamo do poder da vida, ele aprendeu o mistério de sua Arte. As energias ardentes de Lúcifer estão em suas mãos e antes que ele possa avançar para frente e para cima, precisa provar sua capacidade de aplicar corretamente a energia." [The Lost Key to Freemasonry, Manly P. Hall, publicado pela Macoy Publishing and Masonic Supply Company, Richmond, Virgínia, 1976]

Deus abençoe.

Gabriel Miranda de Souza disse...

Só achei ele um pouco evasivo demais em algumas questões. Mas a entrevista foi muito boa e edificante.

Nilson Menezes disse...

Muito enteressante o quanto intrigante.